Gestão Pública

Os cursos de Gestão Pública formam tecnólogos para atuar na administração de órgãos e serviços públicos.


Gestão Pública é na UNIP Ourinhos!

Esses profissionais planejam, implantam e supervisionam projetos voltados para o desenvolvimento local ou regional, identificando problemas e buscando soluções para o uso do dinheiro público. Também conhecem a legislação do setor, contabilidade, técnicas de gestão e mercado financeiro.


Mercado de Trabalho

Há, obviamente, uma alta demanda de gestores públicos em setores municipais, estaduais e federais. O profissional formado em Gestão Pública encontrará muitas vagas em concursos públicos ou órgãos como ministérios, secretarias e institutos de pesquisa.


Estude Gestão Pública em uma das maiores universidades do mundo, saiba mais...


Mas há também vagas em empresas privadas, que demandam profissionais que possam fazer essa articulação entre o poder público e a esfera privada, gerando parcerias com o governo.


E, por fim, esse profissional também poderá encontrar vagas em associações sem fins lucrativos, como ONGs e institutos. Nesse caso, ele irá atuar diretamente com projetos ligados a políticas públicas e voltados para a população com apoio do governo.


Pode atuar nas áreas de saúde, cultura, educação, desenvolvimento e habitação. Uma pós-graduação é sempre muito bem-vinda, em especial aos que pretendem focar sua carreira em algum segmento específico.


O salário médio desse profissional formado em curso tecnológico é de R$ 2.111, segundo balanço feito pelo site Vagas.


Curso

A grade curricular do curso tecnológico traz disciplinas como economia, legislações trabalhista, orçamentária e tributária, sistemas de administração e direito administrativo, além de gestão de empresas públicas, responsabilidade social e licitações.


A diferença entre o bacharelado e o tecnológico está no tempo de duração, sendo o primeiro mais longo, com quatro anos de duração, e o segundo com dois anos de duração.


Há diferenças também na ênfase em algumas matérias. O bacharelado, por exemplo, possui matérias mais amplas, como finanças para administradores públicos, sociologia, ciência política, gestão de pessoas e diferentes abordagens do direito. Ele também possui a exigência de trabalho de conclusão de curso e de estágio.


O tecnológico, por sua vez, possui uma duração menor e logo oferece matérias mais práticas e menos conceituais. Seu foco são as habilidades técnicas desse profissional, e suas disciplinas variam de legislação a mercado financeiro, passando por contabilidade e técnicas de gestão. Algumas instituições podem exigir um trabalho de conclusão de curso.


FONTE: Guia do Estudante

GESTÃO Pública. Guia do Estudante. São Paulo, 01 de jul. de 2020. Disponível em: <https://guiadoestudante.abril.com.br/profissoes/gestao-publica/>. Acesso em: 19 de jan. de 2021.


#unip #unipourinhos #ensinosuperior #educaçãoadistância #ead #digital #graduação #gestãopública