5 tendências em empreendedorismo para 2020

Parceria entre técnicos e criativos, atenção ao funcionário e tecnologia para fazer mais com menos.



John Hall é presidente e co-fundador do Calendar, um aplicativo de planejamento de tempo. Em 2016, a startup ganhou o prêmio de Melhor Empresa Emergente, dado pela consultoria EY em seu fórum anual de crescimento estratégico. No fim de 2019, John esteve novamente no evento. Dessa vez, para ouvir as tendências para o empreendedorismo em 2020. Ele resumiu suas conclusões num artigo para a revista Forbes.


1 – Otimização é a nova gestão de risco

“Com tensões políticas em alta e o risco de recessão nos Estados Unidos, o foco do evento deste ano esteve mais em agir com precaução do que em dobrar apostas”, diz John Hall. Lee Henderson, líder da EY para mercados em crescimento nas Américas, destacou a necessidade de olhar para detalhes em contratos, custos e operações de negócios, em busca de eficiência e em caminhos para inovar e crescer.


2 – Startups de nichos devem crescer mais

John Hall destaca as palavras de Brad Keywell, CEO da Uptake (empresa de softwares de inteligência artificial) e vencedor em 2019 do prêmio Empreendedor Mundial do Ano: “Grandes empresas como a Amazon são ótimas em atender o mercado de massa. A real oportunidade para o empreendedor está nos nichos, onde ele pode ser mais flexível e ágil”.


Faça parte de uma das maiores universidades do mundo, saiba mais...


3 – Parceria entre empreendedores criativos e técnicos

“Muita gente com boas ideias não sabe programar”, diz John Hall, “mas muitos programadores – alguns sem especial talento em vendas – estão se voltando ao empreendedorismo”. A parceria entre esses talentos complementares é uma tendência, afirma Todd Buelow, fundador da Dualboot Partners.


4 – Tecnologia para ganhar desempenho

Ferramentas para ganhar tempo permitem aos empresários fazer mais com menos recursos. John Hall diz que conversou com Peter Coppinger, CEO da Teamwork, eleito Empreendedor do Ano na Irlanda pela EY, sobre como ganhos de eficiência são ao mesmo tempo uma forma de buscar segurança e crescimento.


5 – Cultura corporativa mesmo em pequenas empresas

“Escutei em todo canto, concordo de coração, a ideia de que são as pessoas que fazem um negócio avançar”, diz John Hall. O evento da EY teve discussões sobre como criar equipes diversas, conseguir o melhor dos funcionários e criar uma cultura que faça os bons quererem ficar. “A resposta, eu e outros colegas concluímos, é investir no crescimento pessoal dos colegas. Criar um ambiente de trabalho flexível, com bastante autonomia e recompensas baseadas no desempenho, como participação nos lucros”, afirma.


FONTE: Pequenas Empresas & Grandes Negócios

5 TENDÊNCIAS em empreendedorismo para 2020. Pequenas Empresas & Grandes Negócios. Rio de Janeiro, 26 de dez. de 2019. Disponível em: <https://revistapegn.globo.com/Administracao-de-empresas/noticia/2019/12/5-tendencias-em-empreendedorismo-para-2020.html>. Acesso em: 13 de jan. de 2020.


#unip #unipourinhos #graduação #pósgraduação #administração #empreendedorismo

0 visualização

(14) 99890-7000

©2019 por UNIP Ourinhos-SP. Orgulhosamente criado pela LV-SVO